domingo, 29 de janeiro de 2012

Fatalidade de Janeiro Anjopoesia



Fatalidade de Janeiro

Aconteceu
Numa tarde
De janeiro
Multidão
Correndo
nas escadas
De um predio...
Desesperadas...
Até parecia
Hora e dia
marcados
Pra algo
acontecer
Pedras
vinham do alto
Uma fumaça de poeira
Tomou conta do ar
Prédios indo ao chão
Pessoas se afastavam
Gritaria
Correria
Uns salvaram-se
Outros o entulho cobria
O que seria
Pessoas no mesmo local
Na mesma hora
No mesmo dia
Coincidência?
Ou uma grande
Fatalidade?

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Pergunte ao seu interior... Anjopoesia

Recolha-se ao seu interior e pense no que pode ser mudado… Anjopoesia