terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Conhecer

Como queria conhecer
Um bem querer
Dos momentos
Sermos cúmplices
Só eu e você

Nada mais importar
Sua boca beijar
Pra você me doar
Numa grande cantiga
De amor

Ah como eu queria
Ter alguem pra mim
Que amasse só a mim
Num amor sem fim
Amor de verdade

Ah esse amor sem jeito
Que não me diga
O que é direito
Que me acenda a chama
Que meu corpo tanto clama

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...