quarta-feira, 10 de dezembro de 2008


Desejos

Desejos,uma forma de querer
Suas vontades não conter
Coração fica a delirar
O fogo da paixão a queimar

Quando te vejo perco o sono
Me sinto louco por você
E como não te querer
Não posso te perder

Desejos formas brandas
De quem ama de verdade
Sem no peito nenhuma maldade
Buscando tão somente a felicidade

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...