terça-feira, 22 de março de 2016

Meu retrato


Meu retrato

Meu retrato vou fazendo,
atualizando um novo retrato
hoje sou o que faço
mas dos antigos
não me desfaço...

Meu perfil decorando
nas cores desenhando,
de tenra idade ao que sou
e o que minha alma catalogou...

Buscando na lembrança
Aquele retrato da criança
Ah um passado tão distante
foi tudo tão lindo, tão marcante...

Jovem não era nada
só uma andante
desconcertada
onde aquele retrato marcou
a mulher determinada...

Aquele outro retrato
Me lembro tão bem
me chamou a atenção
envergonhada eu estava,
daquele que me beijou a mão...

E assim retrato por retrato,
revisando o primeiro,
segundo ato,
meu novo retrato
será o terceiro ato,
na imagem do que sou...

Anjopoesia



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...