terça-feira, 21 de outubro de 2014

Por um momento

Por um momento

Nessa manhã de outubro,
estou em silêncio,
ouço o palpitar do meu coração...
Por um momento
E com os olhos fechados,
Nada escuto
Me envolvo comigo mesma
e sinto o sangue,
correr em minhas veias...
Meu pensamento voa,
minha imaginação,
me leva exatamente
onde eu quero ir...
Num êxtase total
sinto o explodir da vida
dentro de mim...

Anjopoesia



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Sonêto,O poeta O poeta não   precisa mais   que uma folha de papel, não precisa ser a granel... O lápis   ou mesmo ...