Radio Peruíbe Online

Radio Peruíbe Online
Peruíbe FM

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Minha poesia


Minha poesia

Encantada em meu mundo
Soletro, escrevo, traduzo
Nasce um letrado fecundo

Onde as palavras
Se cruzam no ar
Aumentam e sobem
Ficam num patamar

Falam de amor
Ódio, meiguice
Escrevo coisa séria
E também tolice

Não importa a hora
O escrever é no agora
Trago palavras da memória
Busco aqui, ali por aí afora

Anjopoesia

7 comentários:

  1. Que lindo poema, bom estar aqui e refrescar a alma com suas palavras.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Bom dia! Lindo blog parabéns.
    Obrigada por seguir o meu cantinho.
    Postarei mais Scraps,volte sempre beijos.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde Poetisa! vim te trazer um presente, está no meu blog. Venha iluminá-lo com sua visita. Beijosss!

    ResponderExcluir
  4. Assim quando a poesia se faz viva em nossa vida,
    a cada suspiro ela se manifesta tão liberta,que
    bom mesmo é ve-la se espalhando pelas paginas,como
    flores na primavera. Linda inspriação minha amiga.
    Meu terno abraço de paz e luz.

    ResponderExcluir
  5. Que bonita poesía, tus palabras llegan al corazón. Besos

    ResponderExcluir
  6. Está findando um dia, mas outro está para surgir.
    É gratificante ler as suas palavras, elas me fazem entender que ainda há
    esperança...
    Que Deus, mais e mais, ilumine a sua vida!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Um rosto de mulher

    Um rosto de mulher  Vejo um rosto de mulher perdido, pintado, batom vermelho numa tela, pela cidade... Com sol ou chuva, ...