quarta-feira, 2 de maio de 2012

Pasmem, vem de uma emissora de TV...anjopoesia




Pasmem, vem de uma emissora de TV

Cansada de ver e ler esse mundo
Que me angustia no seu tom imundo
Obrigando-me a ver o que acontece
Nada m apetece
Nessa terra dirigida por Deus
Crimes como estupros, assaltos
acidentes,assassinatos
E como se não bastasse
ainda sou obrigada
a assistir na televisão
bandidos em novelas encenando
que o crime compensa...
ensinando como sequestrar
matar,roubar
pasmem...
 isso acontece
em uma grande emissora
de comunicação
onde crianças de todas idades
aprendem e captam tudo isso
lavagem cerebral
de puro lixo
mostrando que no futuro
essa sociedade passada
e alimentada
nas cabeças confusas
de quem cresce achando
que prostituição, ser ladrão,
corrupto e assassino
é tudo que de melhor
 tem nesse mundo pra se fazer...
Caminhante nessa estrada
Ouvinte do cantar dos ventos
O bater da brisa em meu rosto
Alivia a tensão do meu espírito...


Anjopoesia


2 comentários:

  1. Um poema para refletir mesmo! E a que ponto chegamos, não é verdade? O mero absurdo de que a impunidade sempre vence no final e que essa nossa sociedade vive engasgada de tanta corrupção. Não é nada fácil!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

As palvras

Nós somos aquilo que falamos e como não poderia deixar de ser, sofremos consequências do ato de falar, prestemos atenção para não machu...