quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Sou o que sou Anjopoesia


Sou o Que Sou

Hoje sou o que sou
Sem falsas estampas
Falo exatamente
O que eu quero expressar
Gosto de quem quero gostar
Não me obrigo
A estar do lado de quem não quero
Meu sorriso esboça
O sentimento do momento
Sem a preocupação
De ter que sorrir com falsidade
Mostro hoje uma maturidade
Na minha maneira de ser
Ser eu
Sem máscaras
Apenas eu
Tão e somente como sou



Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...