segunda-feira, 29 de novembro de 2010


Destino

Os dias passam
Tudo é indiferente
Que pena
Que nada caminhou

Sorri pra ti
Teu olhar encontrou o meu
O amor fleoresceu em mim

E sem nem mesmo
Eu saber o porque
Você calou

Te esperei
No meu ser
Esperei o seu sorriso
Mas o destino não quiz

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...