quarta-feira, 16 de junho de 2010

Sózinha




Sufoquei minha voz
Não conseguia falar
Palavras sem sentimento
Me matavam aos poucos


Me senti só
Sem saber onde ir
Me pegou de surpresa
E não consigo me refazer


Lembranças de um tempo
De flores sem espinhos
Marcam meu coração
E não me deixam esquecer


Me sinto machucada
Como pude me deixei levar?
Hoje cada dia sem você
Sinto que não vivo


Adormeço num mundo
Sem sol,sem estrelas
Sem vontade de continuar
Pois minha vida era você


Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Pergunte ao seu interior... Anjopoesia

Recolha-se ao seu interior e pense no que pode ser mudado… Anjopoesia