sexta-feira, 25 de junho de 2010

Perdas


Quando que pensei

Que acabando com tudo
Pudesse ser tão difícil
Ferida hoje choro


Sofro por ter amado demais
E hoje morro de saudades
De um tempo onde o único laço
Foi o amor que senti por você


Afoguei seus rastros do meu coração
Mas não tenho como apagar o retrato
Que hoje é moradia na minha mente


Estou conturbada pelo seu desafeto
Mas um dia quando você me encontrar
Estarei refeita e quem sabe
Com um novo alguém pra amar


Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Honestidade Anjopoesia

Honestidade Honestidade é um dom, ela não tem idade, abrange  a mocidade, a meia idade... Começa no berço deve-se até faz...