quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Razão do meu renascer...


Nessa água limpa e transparente
Eu sou o vento que te refresca
A água que tu bebes


No nascer do sol em todas manhãs
Eu sou o pássaro que te acorda
A lua que te envolve

E na sutileza dessa brisa
Eu sou teu poeta e sedutor
Quero te acordar


E nos teus braços quero me envolver
E te amando serei seu sol a te bronzear
Deixando sua pele morena a reluzir


Na madrugada quero ser seu alimento
E dentro de você a voz da sua razão
E no seu coração sua emoção


E ao brilho do teu olhar
Cantarei uma linda canção de ninar
Observarei seu sono e verei a paixão
Refletida no seu rosto


Acharei seu olhar dentro de mim
Que me seduz tirando-me a razão
Trazendo vida a esse poeta com emoção...


Dueto Anjopoesia/Adriano Poeta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...