quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Minha poesia...

Minha poesia...

Nas entrelinhas dessa escrita
Vou desenhando uma história
De amor,de alegria ou tristeza
Vividas e não tem nada de ilusória

Mas saibam não tenho culpa
São histórias minhas,suas,nossas
Que vivemos no decorrer do ir e vir
Da vida e que não podemos fugir

Bom seria se pudéssemos
Escrever somente alegria
Nesse palco temos que atuar
Na realidade do dia a dia

Disso tudo fica a certeza
Que o amor é um fato
Todos acabamos vivendo
E as consequências sofrendo

Outros sentimentos também sentidos
Fazem parte da nossa história
Que ficarão guardados e gravados
Num cantinho da nossa memória

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...