quarta-feira, 22 de abril de 2009



Te peço perdão

Amor perdão pela sua insônia
Perdoa pelas horas de vigília
Perdão pelo não feito
E te deixar tão insatisfeito

Te queria lhe dizer
Que tudo que eu fiz
Nem foi porque eu quiz
Foi toda uma vida infeliz

Perdoa se tirei seus sonhos
Não queria lhe fazer sofrer
Muito menos padecer
Não foi o meu querer

Perdão por não fazer
O carinho que deveria
Mas o tempo foi passando
Hoje vejo quanto me queria

Perdão.perdão,perdão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...