quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Filhos

Continuação do meu ser
Pedacinhos de mim
Fruto de um grande amor
Filhos
Melhor tê-los sim
Por eles lutamos
Temos objetivos
Sofremos e choramos
Mas no final,crescem
Tornam-se
Um pouquinho de nós
Repetindo as vezes
As mesmas frases
Tomando por hora
As mesmas atitudes
Errando exatamente
Nas mesmas
Escolhas nossas
E acertando também
Como nós
Filhos
Forma singela
De aplicar o verbo amar

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...