segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Descuido

Te quiz demais
Num momento qualquer
Voce se recusou
Maltratou meu ser
Pra voce eu não era nada
Só mais um alguém
Implorando seu amor
Hoje voce me procura
Mas nas voltas
Que o destino dá
Hoje sou indiferente
E por ter padecido
Na busca do seu amor
Encontrei outro alguem
Que me quer como ninguem
Me ama com louvor
E hoje só vive,respira
E morre por meu amor

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...