sábado, 23 de novembro de 2013

Na linha do tempo


Na linha do tempo

Vejo-me de volta no tempo,
um tempo que vai longe,
que só plantei e dor colhi...

Um tempo que lágrimas derramaram-se,
mas sorrisos também foram deixados por lá.
Tempo de crescimento em que se aprendeu
mas também fiquei ali sem nada assimilar...

Tempo em que gritei, calei sem nada dizer
Aquele tempo onde quis esquecer,
Mas um dia a lembrança me daria forças
Para recordar e saber onde errei...

Hoje amadureci e aprendi,
que voltando minha mente naquele tempo
ainda terei um tempo pra acertar...

Anjopoesia



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Pergunte ao seu interior... Anjopoesia

Recolha-se ao seu interior e pense no que pode ser mudado… Anjopoesia