Radio Peruíbe Online

Radio Peruíbe Online
Peruíbe FM

segunda-feira, 19 de março de 2012



Do outro lado...

Acordei
Pareço reconhecer 
o lugar
Mas estou confusa
Andei de um lado a outro
Sem ver ninguém
Não conseguia falar
Um pouco amedrontada
Sabia que algo estranho ocorria
Mas tudo parecia normal
Tentei mexer 
em algumas coisas do cotidiano
Minha mão não conseguia segurar nada
As pessoas não me ouviam 
e nem me respondiam
Algo acontecia sem explicação
Caminhei por jardins lindos enfileirados
Flores lindas, bosques sem fim
Não reconhecia esse lugar
Ali me sentia bem
Leve, parecia caminhar no ar...
De repente me vi num hospital
Não conseguia entender
Estava deitada numa cama
Cheia de aparelhos
Podia me tocar
Estava ali de pé do lado
Como podia, eu não entendia
E olhando ali pra mim mesma
Comecei a recordar...
Sofrera um acidente
E ali estava eu
Entre a vida e a morte
Num coma profundo...
Tentei correr
Não saia do lugar
Senti uma névoa
Sobre mim
Pessoas falavam
Dizendo:
O coração voltou a bater...
Acordei 
Pessoas minhas
Sorriam e  eu ouvia
Graças a Deus
Ela voltou...
Senti então 
Que ali eu renasci
Novamente pra vida...

Anjopoesia

Um comentário:

  1. Lindo chegar aqui e encontrar poesias escritas com tamanha inteligência... "DO OUTRO LADO" Está perfeita!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Quando a mulher ama

Quando a mulher ama A mulher quando ama Fica cheia de anseios em relação ao homem amado Suas mãos se tornam veludo Macias...