sexta-feira, 22 de julho de 2011

A chuva em mim...


A chuva em mim...

A noite está fria
E chuvosa
Olho os quatro
Cantos do meu quarto
E não consigo dormir

A parede é fria
E está úmida
Chove torrencialmente
Lá fora
O céu está a chorar

Queria por um momento
Fechar os olhos
Me sentir em paz
Tirar de dentro de mim
Essa angústia

Que não passa
E se passar
Será sómente
Por uma única razão
Eu ter o seu perdão

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Pergunte ao seu interior... Anjopoesia

Recolha-se ao seu interior e pense no que pode ser mudado… Anjopoesia