terça-feira, 30 de novembro de 2010

Seu cheiro


Não tem o que se iguala
Ao perfume das flores
Mas elas que me perdoem
Seu perfume
Me embriaga


Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Pergunte ao seu interior... Anjopoesia

Recolha-se ao seu interior e pense no que pode ser mudado… Anjopoesia