sábado, 18 de setembro de 2010

Saudades louca

Um dia pela neblina
Sonhei acordada
Vi sua imagem
Sorrindo pra mim

As nuvens formavam
Seu rosto
E seu corpo esguio
Vinha ao meu encontro

Tudo se materializava
E de repente
Sem eu notar
Estava envolvida por você

E num misto de amor acordei
Notei que tudo era um sonho
Nessa saudade louca de ti
Sonhei a noite inteira com você

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...