domingo, 30 de maio de 2010

Te esperando



Olho pro relógio
E as horas não passam
A demora é surpreendente
Parece permanente


Quero estar contigo
Sentir suas mãos
Em meu rosto seu toque
Meus cabelos a embaralhar


Ah como demora
Queria ver você agora
Não vejo a hora
De te encontrar


Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Pergunte ao seu interior... Anjopoesia

Recolha-se ao seu interior e pense no que pode ser mudado… Anjopoesia