terça-feira, 13 de abril de 2010


Indifereça



Te amei...que ilusão
Talvez tenha sido erro meu
Deixei me enganar
Acreditei em suas palavras


Cada lágrima que derramei
Foi por te amar demais
Aprendi sómente a te amar
Passei a te idolatrar


Pago o preço da ilusão
Hoje vivo a desilusão
Desse amor demasiado
Você foi por mim amado


Tenho que calar esse sentimento
Apagar do meu sofrido coração
Essa chama que se apagou
Um amor tão lindo que não vingou


Anjopoesia

Um comentário:

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...