terça-feira, 17 de novembro de 2009

Aparece

Não te vejo em nenhum lugar
A quanto tempo amor?
Saio por aí te procurando
Mas não estou te achando

De tudo que vivemos
Restam as lembranças
E nessa solidão que me vejo
Tenho ainda uma esperança

Ando pela cidade,pelas ruas
Olho o céu,pergunto onde estás
Será que me esqueceu?

Será que seu amor por mim morreu?
Amor onde você está?preciso de você
Te amo como nunca amei ninguem

anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...