terça-feira, 28 de julho de 2009

Um desamor

Sofrer não é querer e não ter
Sofrer é ter quando mais nada existe
É sentir que tudo não está mais em suas mãos
É olhar pra tras e ver que tudo foi em vão

Nada teve valor,as horas incertas
De momentos que ja se foram
O esperar da hora da chegada
A lágrima do adeus na hora da saída

A esperança de que um novo dia viria
Pra tudo recomeçar num eterno amar
Ah como foi triste saber que esse amor
Não mais existe e que nem adianta falar

Nem contar como tudo chegou ao fim
Não saberia explicar,onde teria sido a falha
Ou se foi falha ou se menti pra mim
Como explicar um amor que se acabou assim

Como falar que agora só resta a desilusão
De um amor que na sua essência foi só paixão
Se tornando apenas na lembrança uma recordação
Dos momentos que ficarão eternos no meu pensamento

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Honestidade Anjopoesia

Honestidade Honestidade é um dom, ela não tem idade, abrange  a mocidade, a meia idade... Começa no berço deve-se até faz...