quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009


Sózinha

É madrugada,sinto um vazio
Estou só agoniada
Sem saber o que fazer
Me vejo aqui prostrada

No silêncio da noite
Começo a perceber
Como é ruim
Não ver você

Palavras mal colocadas
No momento errado
Me levaram sua presença
Choro um pranto calado

Meu coração está só
Minh'alma te procura
Minha cama vazia
Ah ter você como queria

Anjopoesia

Um comentário:

  1. Parabéns amiga pelo seu Blog!
    Adoro ler seus poemas!
    Através deles mergulho no meu incosciente, trazendo os sentimentos e as emoções à tona.
    Beijos anjo da poesia!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...