sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009


Coração Aprende

Meu coração as vezes me surpreende
Não sei o que fazer apronta comigo
Me deixa sem jeito e não aprende

Penso ser um amor de verdade
Dono do meu sentimento com paixão
Amo e me dedico sem maldade

Me entreguei e me apaixonei
Tudo não passou de momento
Único ser em meu pensamento

Seu beijo tocou meus lábios ardentes
Suas mãos se transformaram em carinho
Hoje vejo que naveguei me transportei

Nos braços da ilusão
No calor da mentira
Nas lágrimas da decepção

E me vejo tão só
Aprendiz de um desengano
No abraço da solidão

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...