quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Sonhos

Quantos sonhos jogados fora
Quantas investidas mal feitas
Quantas alegrias ditas ao vento
Quantas lágrimas por não ter sido

Sonhos sonhados
Iluminados pela esperança
De se querer e fazer acontecer
Como na vontade de uma criança

Que nada sabe,mas quer
Sonhos iluminados,almejados
E em brigas sensacionais
Alguns concretizados,outros perdidos

Sonhar como é bom,uma delícia
Poder fazer acontecer melhor ainda
Mas quando eles caem por terra
Vem um vazio de algo não feito

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...