segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Sonho

Sonhar contigo que delícia
De repente estava ali
Bem pertinho de mim
Nos abraçamos
E em longos beijos
Mechemos um com o outro
Falei ao se ouvido
Sussurros de amor
Me arrepiei
Incendiei meu corpo
Minha pele estremeceu
E na ternura do seu amor
Me entrguei a voce
De repente me vi na cama
Os cabelos em desalinho
Meu corpo suado
E sem saber o que acontecia
Acordei,era tudo um sonho
E nessa cena
Faltava você

Anjopoesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, deixe um comentário que vou interagir assim que ler...Obrigada

Calar-se

Calar-se        Falar por vezes  pode machucar Acaba-se  falando o que não se quer dizer... Falar..   pode não ser aque...